Para melhorar sua experiência, nós guardamos algumas informações de navegação, chamadas de Cookies. Para obter mais informações, consulte nosso Termo de Privacidade.

Apresentações e visitas Técnicas - Paulo Saran

29 avaliações Avaliar Produto
451.896 pontos
  Adicionar ao carrinho

Descrição

Apresentações e visitas Técnicas - Paulo Saran

1) Descrição do Serviço

Os treinamentos técnicos e as visitas técnicas (Se necessárias) têm duração de até 06:00 horas aproximadamente (A variação do tempo de treinamento está na especificidade do tema e na necessidade ou não de visitas a campo).

O treinamento orienta os participantes a identificar os períodos de ocorrência das pragas, identificação das posturas, das fases jovens (Ninfas e lagartas neonatas) e dos adultos (mariposas, percevejos, etc...) e a conhecer o comportamento das insetos no ambiente.

Se necessário os treinamentos podem ter um período de visita a campo (Dependendo da necessidade dos treinados, da disponibilidade de tempo ou da fase de desenvolvimento em que as culturas se encontram).

2) Detalhamento da prestação do Serviço

a) - Avaliação pré-treinamento (Opcional)

Antes de iniciar os treinamentos é realizada uma avaliação para identificação das principais dificuldades e para avaliação dos conhecimentos técnicos atuais.
Esta avaliação inclui conhecimentos gerais, identificação por fotos e interpretação de dados.

b) - Tema - Amostrador técnico de campo (Opcional)

Apresentação das principais responsabilidades e principais qualidades dos amostradores.
Orientação quanto aos principais equipamentos e utensílios, metodologias, caminhamentos, amostragens e instalação de armadilhas.

c) - Tema - Fisiologia

Orienta os amostradores quanto a identificação das fases fisiológicas da cultura do algodão, períodos de interferência (Regulador de crescimento, foliares, desfolhante, etc...) e identificação de sintomas de deficiências nutricionais e injúrias e anomalias.

d) - Tema - Pragas

Apresentação das principais pragas do sistema agrícolas (Soja, milho e algodão), descrevendo os períodos de ocorrência, suas principais características para identificação das mais diversas fases (Ovo, fase jovem e adultos), ciclo biológico, comportamento e capacidade de danos, além sintomas de danos como estruturas atacadas.

e) - Tema - Doenças

Apresentação das principais doenças das principais culturas (Soja e algodão), períodos de ocorrência, sintomas iniciais, intermediários e finais, principais características para identificação, condições favoráveis para a ocorrência e capacidade de danos.

f) - Visitas a campo (Opcional)

Visitas a lavouras para observação na prática dos temas teóricos apresentados em sala.
Nas visitas a campo as observações ficarão sujeitas ou limitadas aos problemas encontrados nas lavouras (Insetos, sintomas, injúrias, deficiências, etc).

g) - Avaliação pós-treinamento (opcional)

Após realizados o treinamento é realizada uma nova avaliação para identificar a evolução do treinado em relação a primeira avaliação.

Benefícios

  • Os treinamentos são excelentes ferramentas para capacitar os profissionais envolvidos com as questões técnicas das culturas e antecipar prováveis ocorrências, evitando danos e por consequência prejuízos.
  • Todos os cultivos são considerados fornecedores e receptores de insetos dispersantes e é importante para os envolvidos na cadeia produtiva conhecer esta interação, principalmente no sistema soja/milho/algodão, considerando os períodos anteriores e posteriores aos cultivos.
  • A principal cultura receptora é o algodoeiro e por isso as ocorrências nessa cultura são a base para o desenvolvimento treinamento, todavia as ocorrências nas outras culturas da região influenciam diretamente na maior ou menor ocorrência pelo fornecimento de insetos e por isso também são citadas no treinamento. 
  • O treinamento orienta os participantes a identificar os períodos de ocorrência das pragas, identificação das posturas, das fases jovens (Ninfas e lagartas neonatas) e dos adultos (mariposas, percevejos, etc...) e a conhecer o comportamento das insetos no ambiente. Se necessário os treinamentos podem ter um período de visita a campo (Dependendo da necessidade dos treinados, da disponibilidade de tempo ou da fase de desenvolvimento em que as culturas se encontram).
  • Os treinamentos técnicos deverão ser realizados com foco em uma cultura específica, como soja ou algodão, ou, abrangendo o sistema agrícola (Soja, milho e algodão).
  • Inicialmente deverão ser abordadas de forma abrangente todas as pragas e doenças das culturas. (Pragas)Apresentação das principais pragas das culturas da soja, do algodão ou do sistema agrícola, refúgios, períodos de ocorrência, estruturas atacadas, suas principais características para identificação, ciclo biológico, comportamento e capacidade de danos. 
  • Doenças: Apresentação das doenças das principais culturas (Soja e algodão), períodos de ocorrência, sintomas iniciais, principais características para identificação, condições favoráveis e capacidade de danos).
  • Posteriormente poderão ser abordados temas específicos como as pragas de maior ocorrência no período ou antecipar ocorrências futuras.
  • Além dos temas relacionados a pragas e doenças, os treinamentos poderão abordar outros assuntos, como fisiologia básica, fenologia, etc.

Condições

  • Agendamento com antecedência mínima de 20 dias.
  • Serviço sujeito à disponibilidade de agenda do fornecedor
  • Região de atendimento: Todo o território nacional
  • Duração: Até 6 horas

Área de atuação


Território Nacional.

Expertise


Treinamentos técnicos

Avaliações

29 avaliações

93%
0%
7%
0%
0%
Avalie este serviço

Deixe os outros saberem o que você pensa sobre este serviço!

Carregando...

Apresentações e visitas Técnicas - Paulo Saran